Marca CE

 

Uma certificação muito exigente

O Regulamento Europeu n. 305/2011 stabelece condições harmonizadas para a comercialização dos produtos de construção e revoga a directiva comunitária CPD (Costruction Production Directive, ou Directiva dos Produtos da Construção) 89/106/CE.

Tal regulamento obriga os construtores a submeter os próprios produtos a testes (alguns obrigatórios e outros facultativos) feitos em laboratórios notificados para estas atividades a nível europeu.

A propriedade que torna a Silvelox única no mundo é a escolha de submeter a testes de eficiência as próprias portas depois de 20.000 ciclos de movimento. A quase totalidade dos produtores submete as portas a testes de eficiência em relação à segurança antes de efetuar as provas de durabilidade (provas que em todo o caso não superam os 5.000 ciclos).

A norma de produto utilizada (UNI EN 13241-1) contém o elenco dos principais requisitos que os produtos devem ter para poderem obter a marca CE. Entre estes requisitos os mais importantes e obrigatórios são:

RESISTÊNCIA MECÂNICA,
GEOMETRIA DAS PARTES ENVIDRAÇADAS EMC (compatibilidade eletromagnética),
EMISSÃO DE SUBSTÂNCIAS PERIGOSAS,
ABERTURA SEGURA,
FORÇAS DE FUNCIONAMENTO,
DISPOSIÇÕES DE SEGURANÇA,
RESISTÊNCIA À FORÇA DO VENTO,
CONTROLE DE PRODUÇÃO NA FÁBRICA.

Para além destas prestações a Silvelox certificou, por escolha própria, os seus portões de garagem relativamente a:

TRANSMITÂNCIA TÉRMICA
ANTI-ROUBO.

Foram superadas todas as provas para qualquer tamanho produzível até ao tamanho maior.

O Regulamento Europeu estabelece também que cada porta certificada seja reconhecível através de uma etiqueta especial, e seja sempre acompanhada de uma Declaração de Desempenho. Na etiqueta, aplicada a todos os portões de garagem e portões a-folha Silvelox, a marca CE testemunha por isso que todas as obrigações legais que derivam da legislação comunitária foram respeitadas.

Para os clientes Silvelox a certificação sobre a qualidade da porta é ainda mais acrescida.

Marca CE